Postagens

Selo turismo com boas práticas contra o Coronavírus

Imagem
O Ministério do Turismo lançou na última sexta-feira (8), Dia Nacional do Turismo, o selo "Turista Protegido", a primeira etapa do programa que criará protocolos de segurança sanitária e de boas práticas para cada um dos segmentos do setor. O programa busca chancelar as atividades turísticas que assegurarem o cumprimento de, por exemplo, requisitos de higiene e limpeza para prevenção da Covid-19. Inicialmente, estão previstos 16 protocolos de boas práticas, que buscarão ser segmentados de acordo com as especificidades de cada um dos setores atendidos, como meios de hospedagem, agências de turismo, locadoras de veículos, transportadoras, parques temáticos, casas de espetáculo, guias de turismo. A orientação para cada categoria será divulgada nos próximos dias. Leia tudo em ENFOQUE MS

Crédito Público para o Turismo - R$ 5 Bilhões

Imagem
MEDIDA PROVISÓRIA Nº 963, DE 7 DE MAIO DE 2020 Abre crédito extraordinário, em favor de Operações Oficiais de Crédito, no valor de R$ 5.000.000.000,00, para o fim que especifica.
O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que lhe confere o art. 62, combinado com o art. 167, § 3º, da Constituição, adota a seguinte Medida Provisória, com força de lei: Art. 1º Fica aberto crédito extraordinário, em favor de Operações Oficiais de Crédito, no valor de R$ 5.000.000.000,00 (cinco bilhões de reais), para atender à programação constante do Anexo. Art. 2º Esta Medida Provisória entra em vigor na data de sua publicação. Brasília, 7 de maio de 2020; 199º da Independência e 132º da República. JAIR MESSIAS BOLSONARO Paulo Guedes
Fonte: Imprensa Nacional

Estudo mostra comportamento do turista no pós-coronavírus

Imagem
"Segundo o estudo, na retomada do setor, ao viajar, os turistas passarão a valorizar os temas Saúde, Família, Humanização, Sustentabilidade e a Hiperconexão".

28.04.2020

Com a instabilidade econômica gerada pelo novo coronavírus, estudos têm sido realizados para guiar os empresários no período pós-pandemia. No turismo, um dos segmentos mais afetados, a retomada virá com um novo comportamento de consumo. É o que revela um relatório da consultoria Turismo Lab, contratada pelo Sebrae para oferecer estratégias ao setor em Mato Grosso do Sul.
A organização aponta tendências que ganharão importância na agenda do turista para os próximos anos. Segundo o estudo, na retomada do setor, ao viajar, os turistas passarão a valorizar os temas Saúde, Família, Humanização, Sustentabilidade e a Hiperconexão.
Para o consultor da Turismo Lab e do Sebrae/MS, Richard Alves, é importante que as empresas entendam esse novo comportamento. “O perfil dos viajantes será bastante impactado e essas muda…

Evander solicita à Fundação de Cultura que atenda pedido do setor de eventos de MS

Imagem
"Somente em Mato Grosso do Sul, o setor movimenta, anualmente, R$ 1,3 bilhão, com aproximadamente 5 mil empregos diretos e indiretos"

28/04/2020 15h46
Por: Redação


Na sessão remota desta terça-feira, 28, o deputado estadual Evander Vendramini (Progressistas) apresentou indicação ao Governo do Estado e à Fundação de Cultura do Estado solicitando o atendimento às propostas do Movimento Organizado dos Profissionais de Eventos de Mato Grosso do Sul (Mope-MS). A medida visa diminuir o impacto econômico sobre os profissionais do segmento de eventos gerado pelo isolamento social em função da covid-19. Dentre as solicitações feitas pelo Mope-MS, estão a criação de regulamentação para reagendamentos de data e cancelamentos no que se refere ao reajuste e reembolso; abertura de linhas de crédito diferenciadas para profissionais autônomos, freelancers e empresas; garantia aos profissionais e às empresas do ramo de eventos o direito de parcelar contas de água, energia, IPTU e IPVA, bem co…

Pacote Serviços On-Line

Imagem

Insights da Live do Silvio Meira e Live do Divesh Makan da Iconic

Imagem
1) Empresas terão que abandonar a "gambiarra digital". Ou é digital mesmo ou não é. Plataformas digitais competentes mesmo que sejam pequenas são as que vão sobreviver;

2) Comércio online deixa de ser uma opção secundária de compras. As lojas físicas serão redesenhadas como espaços de experimentação da marca mas as vendas migrarão mais rápido para o online do que se imagina antes;

3) 95% das lojas Starbucks foram reabertas na China mas o movimento na loja é de 60% do que era. As pessoas não consomem mais na loja, compram e vão embora. Starbucks tem que rever o modelo reduzindo espaço de convivência;

4) Os maiores varejistas americanos já demitiram mais de 1 milhão de pessoas e devem reempregar somente 85 % deles no fim da crise. A explicação é que o comércio tradicional vai encolher.

5) O negócio de seguradoras vai sofrer profundas transformações;

6) Educação online está se provando no meio da crise. Vai haver uma revolução na forma como se aprende em todos os níveis.

7) Sa…

Propostas de Marketing e Assessoria para Hotelaria

Imagem